Mapas e imagens de satélite sobrepostos




Estreito de Messina, Itália
Imagem de Satélite - Estreito de Messina, Itália
Clique aqui e veja a imagem em alta-resolução

O projeto da ponte sobre o Estreito de Messina, se levado a cabo, será um marco na história das pontes no século 21. Ela será a maior ponte suspensa jamais construída.

O Estreito de Messina divide as ilhas da Sicília e da Calábria , no sul da Itália e tem 3 quilômetros de comprimento.

Apesar da extensão não ser um grande problema, o custo, a profundidade do oceano, os ventos e os terremotos fazem dessa construção um desafio à engenharia de pontes.

Para contornar o problema da profundidade, optou-se por construí-la suspensa. As dimensões são descomunais para uma ponte desse tipo. De comprimento a ponte terá 3300 metros e sua largura será de 60 metros. O principal pilar de sustentação ficará sob 120 metros de água.
A aerodinâmica da construção permitirá que a ponte suporte ventos de até 216 km/h e sua resistência deverá resistir a tremores de 7.1 graus Richter.

No entanto, o maior obstáculo a ser vencido será o seu custo, em torno de 5 bilhões de dólares e deverá levar 11 anos para ser construída.
Quando estiver concluída, terá 12 pistas para tráfego de carros e caminhões e 2 linhas férreas. Isso permitirá que mais de 140 mil veículos e 200 trens a atravesse por dia, reduzindo o tempo de viagem entre as duas ilhas, hoje de 12 horas, para apenas alguns minutos.

Esta imagem foi feita no dia 14 de junho de 2002 pelos sensores ASTER (Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer ) a bordo satélite de sensoriamento remoto TERRA.

Mar Morto entre Israel e Jordânia

Surabaya, Indonésia

Bruxelas, Bélgica



Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates